Receitas Páscoa – Chef Claude Troisgros cria receita de risoto de abóbora com bacalhau

abr 02, 2012 Sem comentários by

Especiarias: tomilho, alecrim, pimenta dedo-de-moça

O bacalhau na mesa do brasileiro nas comemorações de Páscoa é uma conhecida tradição. Entre as diversas maneiras de preparo o destaque fica para o bacalhau à Gomes de Sá, à Portuguesa e o de panela, mas existem muitos outros tipos de preparo que podem diferenciar e inovar nas refeições.

Um bom exemplo é o “Risoto de abóbora com bacalhau e azeite Gallo” criado pelo chef Claude Troisgros. Na receita, Claude inova na harmonização do prato e mantém todo o sabor marcante da data com a combinação de ingredientes regados ao azeite Gallo.

Esta é uma boa opção para consumir o tradicional bacalhau, principalmente na sexta-feira santa, mas de uma maneira diferenciada e altamente saborosa.

Risoto de abóbora com bacalhau

Ingredientes – Abóbora

400 g   de abóbora Bahia, sem sementes, cortada em fatias
2 colheres de  Azeite
Sal e pimenta

Preparo
Temperar com sal, pimenta e as duas colheres de azeite.
Enrolar em papel alumínio e assar a 180 graus por 40 minutos.
Amassar com garfo e reservar.

Ingredientes – Bacalhau Imperial

800 g  de bacalhau Imperial
1 cabeça  de alho
Tomilho e alecrim

Preparo
Ferver 1,3 litros de água com tomilho, alecrim e a cabeça de alho. Colocar o bacalhau e cozinhar por, no máximo, 20 minutos. Retirar e desfiar.

Ingredientes – Risoto

450 g  de arroz arbóreo
200 g  de palmito fresco pupunha em cubos
100 g  de parmesão ralado
200 g  de requeijão
50 g  de cebola picada
50 g  de pimenta dedo de moça
100 ml  de vinho branco seco
Sal e pimenta do moinho

Preparo
Suar no azeite a cebola picada e a pimenta dedo de moça. Colocar o arroz arbóreo e refogar por 2 minutos. Deglacear com 100 ml de vinho branco seco e reduzir. Acrescentar 4 conchas de água de bacalhau e reduzir até secar sem parar de mexer. Continuar a operação com o caldo de água de bacalhau, colocando 2 conchas por vez (ao todo são 16) até chegar ao ponto desejado. Juntar o bacalhau desfiado, o palmito cortado em cubos, a abóbora amassada, o parmesão ralado e o requeijão. Mexer bem e depois temperar com sal e pimenta do moinho.

Fonte: Azeite Gallo

TOMILHO

O tomilho é uma especiaria extremamente aromática e contém um óleo essencial de ação bacteriana e desinfetante. Sendo assim, é um conservante. As espécies mais usadas na culinária são oriundas do sul da Europa e do Mediterrâneo. Entre as varais espécies de tomilho cultivadas como condimentares e ornamentais estão o tomilho-limão, o tomilho-laranja e, da Córsega e da Sardenha, o tomilho-alcarávia, cujos nomes populares descrevem seus aromas. Tomilho em grego significava “fumigar”. Talvez porque fosse usado como incenso e também por ter um forte aroma. Os gregos o consideravam o símbolo da coragem. Também era tida como uma erva que inspirava elegância. “Cheirar como o tomilho” era um grande elogio.

Como usar, plantar e armazenar o tomilho.

Receitas com a especiaria tomilho.

Alecrim, Pimenta dedo de moça, Prato Principal, Receitas de Chef, Tomilho Tags: , , , , , , , , , ,
Nenhum Comentário para “Receitas Páscoa – Chef Claude Troisgros cria receita de risoto de abóbora com bacalhau”

Deixe seu comentário