Sicília, a belíssima rota de muitas especiarias

mar 29, 2013 2 Comentários by

A Nova Rota das Especiarias

Sicília, a belíssima rota de muitas especiarias

A Sicilia sempre foi muito comentada por sua associação à Máfia, mas a ilha, que é a maior do Mediterrâneo, tem muito mais a oferecer. Sua geografia inclui praias e montanhas e é lá que se encontra o famoso, ainda ativo, vulcão Etna.
A gastronomia também é riquíssima. A cozinha da Sicília conta uma história de 2.500 anos com muitas influências gustativas dos gregos, romanos, árabes, normandos, espanhóis, franceses e até dos ingleses. Um passeio pelos sabores sicilianos é uma oportunidade de reviver a história. Seu passado turbulento é marcado por séculos de dominação estrangeira e – como se fosse uma compensação ou destino – a cada nova conquista, novos sabores eram adicionados na cozinha siciliana.
Em 735 AC os gregos chegaram na costa e em sua bagagem trouxeram vinho, azeitonas, mel e ricota.
Os romanos também a dominaram e grãos e trigo foram cultivados em grande escala para a produção de pães em Roma. Uma das primeiras versões de sorvete foi criada durante a presença dos romanos, em torno de 530 DC (quando invadiram a ilha pela segunda vez). Corredores iam até o topo do Vulcão Etna para coletar neve que depois era realçada com sabores e consumida por famílias nobres. Hoje em dia o pão siciliano é conhecido por seu sabor e qualidade e os sorvetes e granitas não ficam atrás.


Os gregos voltaram a dominar a ilha em 535 DC e ali estabeleceram monastérios voltados a agricultura onde desenvolveram a produção de queijos fortes e biscoitos com especiarias. O período culinário mais excitante da ilha se deu quando os árabes a invadiram em 800 DC. Eles trouxeram açúcar de cana, frutas cítricas, arroz, especiarias, armadilhas para pegar atum e as deliciosas berinjelas. Durante seu controle, vegetais recheados, cuscuz, molhos agridoces, e assados se tornaram parte da cozinha local.

Arancini (bolinho de arroz siciliano)

Açafrão, uva passa, pistache e amêndoas eram usados para dar sabor aos pratos. Cuscuz, arancini (um delicioso bolinho de arroz) e cassata são encontrados, ainda hoje,  nas rotisserias da ilha.
Os normandos ensinaram aos sicilianos técnicas de secar peixe e os franceses trouxeram a pâtisserie, molhos e rolinhos de carne no século 13. Durante o governo dos espanhóis (séculos 14 a 18), tomates, batatas, pimentas, abobrinha e chocolate se tornaram importantes itens na cozinha siciliana. Eles também trouxeram o figo da índia (chamado de Ficodindia em italiano) que se adaptou perfeitamente à ilha. Se você quiser trazer somente uma lembrança da Sicília, uma garrafa de “liquore di ficodindia” é nossa sugestão.
Os pratos mais famosos, ainda hoje, não tiveram suas origens na riqueza. Camponeses adaptavam as receitas complexas dos nobres e utilizavam o que estava disponível para eles: legumes, frutas e peixes da região.
Um jornalista uma vez perguntou a um famoso siciliano chef de cozinha porque os peixes assados ou fritos não eram servidos com molhos e ele disse ”porque eles não precisam”. Utilizar os ingredientes mais frescos é o mais importante da cozinha siciliana.

Selecionamos alguns pratos famosos sicilianos que não podem deixar de ser saboreados em uma viagem pela ilha.

Especialidades Sicilianas:

Antipasti
Melanzane parmigiana
: Berinjela à parmegiana
Caponata: Berinjela, azeitona, tomate, salsão e alho cozinhados no azeite Peperonata: Pimentões verde e vermelho grelhados e cozinhados no azeite Insalata di mare: Salada com frutos do mar

Primi
Pasta alla Norma:Molho de tomate e manjericão com berinjela frita. Involtini di melanzane: Espaguete com molho de tomate enrolado em berinjelas e coberto com queijo
Pasta con le sarde: Massa servida com sardinha, erva doce, pinholi e uva passa
Pennette all’isolana: Penne com atum, tomate, alcaparras, hortelã e azeitonas

Secondi
Fritto misto: Peixe e frutos do mar fritos
Pesce Spada: Peixe espada grelhado com azeite e suco de limão
Salsicce: Linguiça de porco com ervas Involtini: Rolinho de carne recheado

Dolci
Cannoli: Massa doce frita em formato de tubo, recheada de um creme de queijo ricota (ou mascarpone), com a adição de baunilha, chocolate, pistache, vinho Marsala, água de rosas entre outros ingredientes
Cassata siciliana: Bolo preparado com queijo ricota açucarado, pão de ló, pasta reale (uma massa siciliana de amêndoa) e fruta cristalizada. As variantes locais podem também incluir pistache, pinhão, chocolate, canela e marasquino.
Ravioli di ricotta: massa doce frita recheada com ricota fresca, canela, mel e raspa de limão

Para dar um sabor siciliano ao seu molho de tomate ou a um peixe você pode fazer um mix na sua casa com as especiarias usadas na ilha:
Tempero Siciliano

2 colheres de sopa de manjericão seco
2 colheres de sopa de manjerona seca
2 colheres de sopa de orégano seco
2 colheres de sopa de tomilho seco
1 colher de chá de flocos de pimenta
1 colher de chá de alecrim seco

Misturar todos os ingredientes e guardar em recipiente bem fechado. O tempero também pode ser feito com ervas frescas e utilizado em até 3 dias.

Restaurantes famosos em Palermo
• Gigi Mangia – Via Principe di Belmonte 104/d, tel. 091 587651, www.gigimangia.com.

• Mi Manda Picone – Via Alessandro Paternostro, tel. 091 6160660, www.mimandapicone.it.

• Antica Focacceria San Francesco – Via A. Paternostro 58, tel. 091 320264, www.afsf.it.

• Sant’Andrea – Piazzetta S. Andrea (Piazza S. Domenico), tel. 091 334999, www.ristorantesantandrea.eu.

• Trattoria Altri Tempi – Via Sammartino 65, 091 323480, www.trattoriaaltritempi.it.

• Lo Scudiero – Via Turati 7, tel. 091 581628. • Cucina Papoff – Via Isidoro La Lumia 32, tel. 091 586460, www.cucinapapoff.com.

• Osteria dei Vespri- Piazza Croce dei Vespri 6 (old town), tel. 091 6171631, www.osteriadeivespri.it.

• Antica Caffé Spinnato – Via Principe Belmonte.

Principais especiarias usadas na Sicília: Manjericão, manjerona, orégano, tomilho, pimenta, alecrim, salsão, erva doce, azeite, açafrão, canela, raspa de limão, marasquino, pistache, amêndoas, pinhole.

Receitas da Sicília
Purê frio de batata com limão siciliano e especiarias mediterrâneas
Arancini – bolinho de arroz siciliano
Caponata Siciliana – antepasto de berinjela
Torta de Coco Siciliana

————————————————————————————————————————–

Conheça a Nova Rota das Especiarias

Estados Unidos – Chicago
História da cidade
Melhores restaurantes de Chicago

Estados Unidos
História Culinária Americana
Principais Especiarias
Receita de Cheeseburguer
Receita de Cole Slaw

TOSCANA – Simplicidade e diversidade da culinária Toscana
Principais Cidades
História Gastronomia
Principais Especiarias
Receita de Tempero Toscano
Restaurantes Famosos

ÍNDIA – O berço das especiarias
História Especiarias
Principais Especiarias
Melhores Restaurantes

ÍNDIA – O berço das especiarias (parte 2)
Culinária Indiana / Festivais

ÍNDIA – O berço das especiarias (parte 3)
Nova Deli
Doces Indianos
Receita de Kaju ki Barfi com cajú e leite

ÍNDIA – O berço das especiarias (parte 4)
Kerala – O coco na Índia
Receita de Dal (Lentilha Indiana)
Receita de Chapati (Pão Indiano)
Vídeo aula culinária

ÍNDIA – O berço da especiarias (parte 5)
Receita do doce indiano Gulab Jamun

TAILÂNDIA – A cozinha doce, apimentada e exótica da Tailândia
História Culinária
Principais Especiarias

TAILÂNDIA – A cozinha doce, apimentada e exótica da Tailândia (Parte 2)
Dicas de viagem
Tour de bicicleta
Receita de Pad Thai
Dica de Hotel

TAILÂNDIA – A cozinha doce, apimentada e exótica da Tailândia (Parte 4)
Dicas do que fazer e não fazer na Tailândia
Frases úteis
Dicas de Bangkok
Hotéis
Atrações

TAILÂNDIA – A cozinha doce, apimentada e exótica da Tailândia (Parte 5)
Ayutthaya
Uthay Thani
Sukhotai
Phrae
Dicas viagem
Hotéis

CUBA
História gastronômica
Receita de Mojito
Receita de Ropa Vieja

ARGENTINA
História Gastronômica
Principais Especiarias
Receita de Empanadas Argentinas

ARGENTINA (Parte 2)
Atrações Buenos Aires
Compras Buenos Aires
Restaurantes Buenos Aires
Receita de Alfajores Argentinos

ARGENTINA (Parte 3)
Atrações Buenos Aires
Compras Buenos Aires
Restaurantes Buenos Aires
Receita de Bunuelos de Manzana (Bolinhos de Maçã)

MÉXICO
Culinária Mexicana
Frida Kahlo
Principais Especiarias
Receita de Margarita
Receita de Guacamole

MÉXICO (Parte 2)
História do país
Cidade do México
Mérida
Todos os Santos
San Miguel de Allende
Huatulco
Guanajuato
Receita de Chili con Carne

 


 

Alecrim, Manjericão, Orégano, Restaurantes, Tomilho, Viagens culinárias Tags: , , , , , , , , , , , ,

2 Comentários para “Sicília, a belíssima rota de muitas especiarias”

  1. Receita Siciliana: Arancini | Armazém das Especiarias - Acompanhamento, Entradas, Pimenta do reino, Salsinha says:

    […] o primeiro post da coluna semanal de viagens e especiarias:  ”Sicília, a belíssima rota de muitas especiarias” não os deixou com água na boca, com certeza o post de hoje os […]

  2. Simplicidade e diversidade da culinária da Toscana | Armazém das Especiarias - Alecrim, Anis Estrelado, Destaques, Erva Doce, Hortelã, Louro, Manjericão, Noz-moscada, Orégano, Restaurantes, Sálvia, Viagens culinárias says:

    […] Caso você não tenha participado dessa expedição gastronômica, ou queira repetir, clique aqui e saboreie as muitas especiarias desta ilha paradisíaca! Alecrim, Anis Estrelado, Destaques, […]

Deixe seu comentário