Pimenta-Malagueta: como planto, como armazeno e como uso

dez 11, 2013 2 Comentários by

COMO EU PLANTO

A pimenta-malagueta cresce em regiões de clima quente, como o México e a América do Sul. Pode ser cultivada dentro de casa.
As pimentas são colhidas no verão, quando estão maduras. Devemos secá-las na sombra.

COMO EU ARMAZENO

Armazenar a pimenta in natura em um local fresco, reservado do calor da luz solar. A exposição do fruto ao calor pode deixá-lo murcho e causar perda de sabor e propriedades. Você também pode congelar as pimentas – depois que estiverem limpas.

COMO EU USO

Uso externo (pomadas, tinturas, compressa quente, emplastro): reumatismo; dor muscular sobretudo aguda; artrite; artrose; dor e tensão muscular; dor nas costas. Atenção! Peça, sempre,  conselhos a um médico ou farmacêutico sobre a possibilidade da aplicação externa de medicamento à base de pimenta. Na culinária, são  comumente encontradas em pratos de nossa cozinha brasileira, como a feijoada. Podem também ser usadas em carnes, ensopados, sopas, em conservas de vinagre ou molhos diversos.

Especiaria: Pimenta-malagueta

Peixe grelhado com molho de pimenta-malagueta

 

Especiarias, Pimenta Malagueta Tags: , , ,

2 Comentários para “Pimenta-Malagueta: como planto, como armazeno e como uso”

  1. luis says:

    ola gostei da mensagem me fala eu posso colocar a pimenta malagueta em pet sem nenhum complemento para armazenar

    • Armazém das Especiarias says:

      Olá! Você pode conservá-la em Salmoura, por até dois anos.

      Ingredientes:

      -Pimentas;
      -Água tratada;
      -Sal.

      Passo a passo:

      1.O primeiro passo é realizar uma seleção criteriosa das pimentas, eliminando as que apresentarem partes estragadas. Em seguida, é necessário realizar a lavagem e a sanitização com bastante cuidado;
      2.As pimentas lavadas e sanitizadas podem ser acondicionadas em recipientes de vidro ou plástico, estes devidamente lavados e sanitizados. O tamanho vai depender da quantidade de pimentas a serem armazenadas e do volume de pimenta necessário para o processamento posterior. Os recipientes mais utilizados têm sido garrafas PET de dois litros, recicladas, e bombonas de 50, 100 e 200 L.
      3.Em seguida, deve ser preparada a salmoura a 10%. Para atingir essa concentração, é necessário acrescentar 100 g de sal de cozinha para cada litro de água tratada. Deve-se mexer essa solução até que todo o sal esteja diluído, levando-a, posteriormente, ao fogo até a fervura.
      4.Depois deve-se despejar essa solução, ainda quente, sobre as pimentas, até que todas fiquem submersas. Os recipientes devem ser fechados hermeticamente e guardados em local seco, fresco, e ao abrigo da luz.

      Volte sempre!

Deixe seu comentário