Especiaria: Epazote

dez 14, 2015 Sem comentários by

Embora seja uma erva relativamente nova para muitos cozinheiros, o epazote (no Brasil também conhecida como erva-de-santa-maria, mastruz) tem sido utilizada no México para fins de medicamentos e cozinha há milhares de anos.

shutterstock_1074247

Americana de origem, pertence à mesma família da quinoa e do amaranto (vistos recentemente no Armazém das Especiarias) as Chenopodiáceas tem uma história antiga de uso terapêutico em toda a América, que vem desde etnias indígenas norte-americanas até a Argentina de hoje.

Na forma de infusões ou emplastros, são usadas tanto as folhas quanto as sementes, ricas em óleo essencial. Entre seus poderes mais difundidos estão o de expulsar parasitas intestinais, aliviar cólicas, diminuir gazes, estimular o apetite, melhorar a digestão, curar picada de insetos, bronquites, úlceras. Seu uso, para fins terapêuticos, deve ser orientado – sempre – por especialistas. Usada em quantidade equivocada , pode ser tóxica e até abortiva.

Portanto, observe com atenção o conselho de especialistas e estudiosos:

  1. As plantas e ervas medicinais, mesmo sendo medicamentos naturais podem intoxicar;
  2. Todas as plantas tem mais de um princípio ativo. Algum pode ser contra indicado. Consulte sempre um especialista;
  3. Tome cuidado especial em manusear ervas e as mantenha longe das crianças;
  4. As informações aqui publicada tem apenas os fins educacionais, de pesquisa e de informação;
  5. Cuidar da saúde exige – sempre! – responsabilidade e parcimônia.

O Epazote é um dos temperos que caracteriza a comida mexicana. Ele é indispensável nos pratos de feijão, especialmente de feijões pretos. A justificativa para este uso é que além de condimentar, ameniza um efeito desagradável : a formação de gazes.

É usado também para temperar carnes de porco, pescados e dá um sabor especial ao recheio clássico da quesadilla – tortilla recheada com queijo e um galhinho de epazote, dobrada e assada. Mesmo outros recheios, como de cogumelos, de huitlacoche (fungo que cresce no milho) ou de flor de abóbora costumam receber um toque de frescor desta erva. A erva é também usada fresca em sopas, saladas, pratos de carne e aparece na receita do “Molho Verde”.

 

Allgemein, Blogs, Boas Práticas, Destaques, Epazote, Especiarias Tags: , , ,
Nenhum Comentário para “Especiaria: Epazote”

Deixe seu comentário