Especiaria: Galanga

mai 15, 2017 Sem comentários by

Nossa viagem pelo universo das especiarias tem como atriz principal a galanga, muito conhecida na cozinha asiática – Tailândia, Laos, Vietname. Claro que o ocidente a conhece, aos poucos, na medida que a popularidade da comida tailandesa chega a muitos países, inclusive o Brasil.

É uma planta nativa e como toda especiaria é usada como tempero e remédio.

Num primeiro contato, naquele primeiro “olho no olho”, você pode apostar que está diante de um tipo de gengibre, maior do que você está acostumado a ver e comprar. Não estará muito errado. Em alguns países, você vai encontrar a Galanga com o denominação  de “gengibre da Tailândia”, ou gengibre do Laos”.

Galanga

Ela pertence a família dos rizomas. Como sabor parecido ao gengibre, ela é mais forte, apimentada e cítrica. Tem um mercado magnífico na Índia, onde é apreciada como especiaria e também para a indústria cosmética.

Pode ser usado para compor chás. Especialistas indicam o chá de galanga como auxiliar no alívio de dores musculares, inchaços causados por batidas e problemas intestinais e digestivos.

Estudo apontam que a Galanga tem em sua constituição o eucaliptos, cineol, eugenol – como óleos essenciais e lactonas como o galangol, galagina e alpininha. Entre seus componentes encontramos beta caroteno, cálcio, magnésio, fósforo, potássio e vitaminas A, B3 e C.

Tradicionalmente, na culinária esta especiaria é usada em caris e sopas. Muitas pessoas comem os brotos jovens crus ou fervidos. Muito utilizada para pratos que levam o arroz, principalmente para saborizar vinagres. É usada em pratos com peixe, carnes ou saladas.  Por seu sabor característico, ela é incluída em alguns mixes, tendo a parceria da cúrcuma, raiz forte e manjericão. Em alguns países integra bebidas como chartreuse, refrigerantes e um licor russo de nome mastoika.

O rol do uso da Galanga para a medicina inclui múltiplos talentos. Alguns: auxiliar no tratamento do reumatismo, gripes e resfriados, problemas com má digestão, bronquite, úlcera, má circulação sanguínea. Estudiosos contam que ela pode compor um tratamento antibacteriano, antirreumático, tônico digestivo e ser afrodisíaco.

Sendo uma questão que envolve a sua saúde, sempre lembramos que a palavra de um especialista de sua confiança deve ser sempre ouvida. Ele conhece melhor o seu corpo e é a pessoa indicada para indicar usos e dosagem.

Blogs, Boas Práticas, Culinária, Destaques, Especiaria, Especiarias, Especiarias pelo Brasil, G, Gengibre, Receita, Receitas Tags: , , , , , , , , , ,
Nenhum Comentário para “Especiaria: Galanga”

Deixe seu comentário