Especiaria: Raiz Forte

jul 03, 2017 Sem comentários by

A raiz-forte pertence a família Brassicaceae e é parente – inclusive no paladar – do nabo, couve e a mostarda. Alguns especialistas estabelecem seu nascimento na Europa, onde se firmou. Outros, no Sudoeste da Ásia.

A especiaria raiz-forte foi introduzida na culinária  do continente pelos alemães e, atualmente, é consumida também na Escandinávia e na Rússia. Pesquisas apontam que cerca de dois terços de sua produção mundial estão na região de Collinsville, no Illinois, Estados Unidos, que se auto intitula “Capital Mundial da raiz-forte”.

A raiz-forte contém potássio, cálcio, magnésio e fósforo, bem como óleos voláteis, como o óleo de mostarda, que tem propriedades antibióticas. Comunidades judaicas utilizam-na como erva amarga durante a comemoração do Pessach (festa da Libertação). A planta cresce até 1,5 metros de altura. As suas raízes, tuberosas e pontiagudas, são apreciadas como condimento picante e são ricas em vitamina C, mas as folhas também são comestíveis.

A especiaria harmoniza muito bem com receitas de carne guisada, filé mignon, frango, rosbife de panela, anchova, musse de salmão, saladas de salmão,  lagostins, salsichas, peixe defumado, chrein – molho de beterraba e alguns pratos da culinária polonesa.

Entre os possíveis benefícios à saúde, pesquisadores apontam: auxílio ao sistema imunológico; prevenção do câncer, perda de peso, auxílio na digestão e no controle da pressão; é diurética; fonte de agentes antibacterianos e auxílio em problemas respiratórios.

Como sempre o nosso conselho: em qualquer um destes casos, procure sempre um especialista de sua inteira confiança. Somente ele tem condições de um diagnóstico correto, bem como a dosagem a ser administrada.

COMO PLANTAR:

A especiaria raiz-forte preferem locais simples para o seu plantio, como o jardim de sua casa, por exemplo. Importante, que você escolha uma área sempre arejada, sem sombras marcantes, nem coberturas claustrofóbicas, local premiado pelo sol e chuva, mescla que a especiaria adora para crescer forte e firme. As folhas de raiz-forte são uma atração a parte do crescimento dessa especiaria: lembram muito as folhas de mostarda, um pouco mais firmes na textura e picantes na boca.

COMO ARMAZENAR:

O segredo para não perde de nenhuma propriedade da raiz-forte é armazená-la sob temperaturas de 4 a 10C, em sacos ou potes plásticos bem fechados, no congelador. Importante que ela esteja cortada em pequenos pedaços, sem perder o aroma ou a cor. Dica bem prática: congele porções para ser usada numa só vez. Outra opção é a conserva em óleo e vinagre.

COMO USAR:

Salada de Beterraba com Alcaparra

Ingredientes:

  • 2 unidades de beterraba
  • Suco de limão a gosto
  • 1 colher (sopa) de azeite
  • 1 colher (chá) de mostarda
  • 1 colher (chá) de raiz-forte
  • 1 colher (chá) de alcaparra
  • Acelga a gosto

Preparo:

  1. Fatie as beterrabas bem finas.
  2. Coloque água para ferver e junte as beterrabas.
  3.  Mexa, deixe por 2 minutos e retire. Misture o restante dos ingredientes e misture com as beterrabas.
  4. Disponha em um prato rodeado por acelga picada, salpique as alcaparras e sirva

Fonte: CyberCook/Cozinha Light

ONDE COMPRAR:

Antes, uma dica: a raiz-forte pode ser encontrada na forma fresca ou em pó. No caso da fresca, não leve as que se apresentam secas ao toque e as leves demais. Você pode encontrar no Mercadão Municipal de São Paulo, Zona Cerealista, Mercado Municipal da Lapa, Mercado Livre,  supermercados e internet (alguns exemplos): http://emporiohemmer.com.br/raiz-forte-em-conserva-220g.html; https://www.bombayherbsspices.com.br/prod,raiz-forte-em-po,2719.htm; http://www.stuttgart.com.br/raiz-forte-gourmet-90g-scandia.html;

De A a Z, R, Raiz Forte Tags: , , ,
Nenhum Comentário para “Especiaria: Raiz Forte”

Deixe seu comentário