Coluna Especial: Renato Carioni assume a cozinha do Le Bou

abr 18, 2018 Sem comentários by

Depois de trabalhar em restaurantes estrelados na França, chef assina pela primeira vez um menu francês no Brasil, renovando e atualizando o cardápio do charmoso bistrô localizado no Itaim Bibi.

Sem perder a proposta de um bistrô de boa relação custo-benefício, o Le Bou, no Itaim Bibi, zona oeste de São Paulo, está, agora, nas mãos de um novo chef, o catarinense Renato Carioni, do premiado Così e que já trabalhou em restaurantes franceses, como o Villa de Lys e o Château de La Chèvre d’Or, ambos com duas estrelas no Guia Michelin. Amigo de infância do restaurateur Daniel Dutra de Carvalho, sócio do Le Bou, o chef repagina a cozinha do restaurante de alma francesa e treina a equipe, que será comandada no dia a dia pelo chef Héctor Barros Nogueira (ex-Ici Bistrô e Grand Hyatt São Paulo).

As mudanças começam no menu executivo da casa, que será servido em três tempos, por R$ 49,90, de segunda a sexta, das 12h às 15h30. Para começar, as sugestões do chef Renato Carioni são a Salada de Folhas com Queijo de Cabra e Tomate-Cereja ao Molho Balsâmico, a Sopa du Jour e o Carpaccio ao Molho Caesar com Lascas de Parmesão e Croutons. Dentre as novidades de prato principal, estão o Peixe du Jour ao Molho de Limão com Legumes Salteados, oFrango com Musseline de Mandioquinha e Creme de Cogumelos, o Espaguete com Abóbora, Queijo Brie e Amêndoas Laminadas e o Picadinho de Mignon, Arroz, Feijão, Farofa, Ovo e Pastéis de Banana e Queijo, clássico do almoço executivo, desde o começo do menu, que agora tem um controle ainda maior de qualidade e é preparado com o novo olhar do chef. Para finalizar, opções como o Crumble de Maçã com Sorvete de Canela, o Mousse de Chocolate e o Pudim de Leite. Também é possível pedir somente um prato principal, por R$ 41,90, ou a entrada e o prato principal, por R$ 45,90.

O menu à la carte, que também foi repaginado, ganha entradinhas como a Soupe a L’oignon (R$ 26, tradicional sopa de cebola gratinada com queijo gruyère), o Vol au Vent au Couer de Palmier (R$ 21, massa folhada recheada com creme de palmito pupunha) e o Terrine de Campagne (R$ 23, terrine de carnes com cornichon e mostarda). Dentre os pratos principais, estão receitas clássicas, como o Boeuf Bourguignon (R$ 59, paleta bovina braseada ao vinho tinto com cogumelos, legumes e purê de batatas) e o Confit De Canard (R$ 75, individual, e R$ 145, para duas pessoas, coxa de pato confitado com ragoût de feijão servidos na cocote), e de inspiração ítalo-francesa, como o Spaghetti Crevettes au Citron(R$ 64, espaguete com camarões salteados ao molho de limão), o Risotto aux Champignons (R$ 51, risoto com cogumelos frescos salteados e parmesão) e a Lasagne aux Legumes (R$ 48, lasanha recheada com legumes à provençal). Para finalizar, as sugestões do chef são o Tarte Tatin (R$ 22, torta de maçãs caramelizadas com sorvete de nata), os Profiteroles (R$ 25, massa choux recheada com sorvete de creme, calda quente de chocolate e amêndoas laminadas), o Claufutis aux Fraises (R$ 23, flan assado com morangos frescos) e o Creme au Citron (R$ 23, creme de limão com coulis de frutas vermelhas).

A cozinha, que foi lançada em 2005, ainda manterá os clássicos que viraram marcas da casa, com pequenas repaginações, como o Le Tartare et Le Tapioca(R$ 59, steak tartare com tapioquinhas crocantes na manteiga de ervas de Provence), o Steak au Poivre (R$ 64, steak com molho poivre à base de pimenta com purê de mandioquinha e queijo da canastra, gratinado em duas texturas) e, como sobremesa, o Pain Perdu (R$ 25, banhado em creme inglês e servido com sorvete de iogurte de frutas vermelhas).

A cozinha ainda manterá os clássicos que viraram marcas da casa, com pequenas repaginações, como o Le Tartare et Le Tapioca(R$ 59, steak tartare com tapioquinhas crocantes na manteiga de ervas de Provence), o Steak au Poivre (R$ 64, steak com molho poivre à base de pimenta com purê de mandioquinha e queijo da canastra, gratinado em duas texturas) e, como sobremesa, o Pain Perdu (R$ 25, banhado em creme inglês e servido com sorvete de iogurte de frutas vermelhas).

Sobre o Le Bou Bistrô:

Serviço, comida e preço de bistrô. Essa é a proposta do Le Bou (abreviação de “boulangerie”, padaria, em francês), localizado em um charmoso sobrado, no Itaim Bibi, zona oeste de São Paulo, e que reúne café e restaurante de alma parisiense. Inaugurada em 2005, na rua Bandeira Paulista, a marca já teve consultoria do premiado chef José Barattino, em 2014, e inovou na cidade com uma ação pitoresca: menu sem preço fixo. O cliente pagava o quanto achasse justo. Os preços mudaram, mas continuam tendo como premissas a cozinha simples e boa relação custo-benefício. Desde 2016, o restaurante está num sobrado maior na rua Renato Paes de Barros, com ambiente aconchegante, jazz e clássicos franceses ao vivo.


Serviço:

Le Bou Bistrô

www.leboubistro.com.br

Rua Dr. Renato Paes de Barros, 415

Itaim Bibi – São Paulo – SP – CEP 04530-000

11 3078-7619 | 11 99410-6282

contato@leboubistro.com.br

90 lugares (salão térreo), superior, para eventos 50 lugares.

Almoço: de segunda a sexta, das 12h às 15h30, aos sábados, das 12h às 19h; e aos domingos, das 12h às 18h. Abre todos os dias.

Jantar: de terça a quinta, das 19h às 23h; sexta e sábado, das 19h à 0h. Não abre aos domingos e às segundas-feiras

Assessoria:

SG Comunicação & Imagem

www.sheilagrecco.com

Josi Kersul / producao@sheilagrecco.com

Sheila Grecco / sheila@sheilagrecco.com

Tel.: 11 3284-6074 / 9 9944-9497

Facebook: /sgcomunicaoeimagem

Instagram: @sgcomunicacao

Twitter: @sg_comunicacao

Foto: Tadeu Brunelli

Coluna Especial Tags: , , , ,
Nenhum Comentário para “Coluna Especial: Renato Carioni assume a cozinha do Le Bou”

Deixe seu comentário