Especiaria: Shichimi

fev 04, 2019 Sem comentários by

Nossa especiaria é um mix de especiarias. No Armazém das Especiarias você já conheceu outros mix. Existem centenas, talvez milhares se considerarmos a culinária como um bem da humanidade.

Um mix (mistura) pode nascer da mão dos próprios comerciantes, que fazem suas mesclas para oferecer produtos diferenciados. Ou de donas de casa, que criam seus mix com as especiarias de que dispõem. Até os renomados chefs que buscam estas misturas mágicas para dar aquele sabor especial que o prato por eles criado pede. E, claro, cada chef pode “temperar” o seu mix conforme a sua cultura e criatividade.

Shichimi ou os sete deliciosos sabores japoneses, contam os pesquisadores, nasceu em pleno século 16, fruto dos negociantes de ervas em Edo, Tóquio.

Como grande parte das especiarias, o nosso mix foi inicialmente usado para propósitos medicinais: curar gripes e resfriados.

Tal qual a cultura que criou o nosso mix, ele é uma mistura equilibrada de sete especiarias (podem variar de chef a chef, dona de casa, dona de casa) que produzem (ou reproduzem) um tempero apimentado de sabor aromático e leve ardência.

Uma pequena diferença de composição pode ser notada nos Shichimi de cada região.

Duas composições básicas da nossa especiaria:

1)      Pimenta Chilli, Casca de Laranja, Gergelim Preto, Gergelim Branco, Pimenta Japonesa, Algas e Gengibre.

2)      Pimenta vermelha, gergelim, casca de laranja seca, pimenta japonesa, frutos de cânhamo e papoula e algas.

É comum o Shichimi servido na mesa como um tempero para pratos de macarrão, o sobo e udon. Muitos apreciadores preferem harmonizar nosso mix polvilhando em gyudon e até espetinhos.

Especialistas em culinária japonesa também mesclam nosso mix no tempero de alguns produtos a base de arroz, como bolinhos de arroz (agemochi) e biscoitos de arroz torrado. O Shichimi harmoniza bem com alimentos gordurosos como unagi (enguia grelhada), tempura, alimentos frios e yakitori.

Destaques, Especiarias
Nenhum Comentário para “Especiaria: Shichimi”

Deixe seu comentário