Receita de Chef: Bauru, um ícone de São Paulo (Umami)

mar 27, 2019 Sem comentários by

Podemos citar, sem errar. O Bauru tem um sabor que é conhecido no país inteiro. O lanche Bauru agrada a todos os paladares.

Nasceu na cidade de São Paulo. O ano: 1936. Autor: Casimiro Pinto Neto, radialista e estudante da conceituada Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo, onde era conhecido pelo apelido de Bauru e revela como tudo começou.

Frequentador assíduo do Ponto Chic, outro ícone da cidade de São Paulo, Casimiro chegou atrasado para uma partida de sinuca. Morrendo de fome, pediu ao sanduicheiro Carlos montar o famoso lanche pela primeira vez.

Os amigos, curiosos, experimentaram e aprovaram o Bauru.

De acordo com o proprietário do Ponto Chic, José Carlos de Souza, o sanduíche teve um papel fundamental na vida do bar.

De fácil preparo, o ícone paulistano tem como base a carne vermelha, um ingrediente muito proteico, que proporciona o umami – o quinto gosto do paladar, ao lado do doce, salgado, azedo e amargo – de forma acentuada, deixando a preparação ainda mais saborosa.

Confira a receita completa:

Bauru especial

Ingredientes:

4 pães tipo francês
300 g de rosbife fatiado
1 tomate médio cortado em rodelas (150 g)
2 picles de pepino, em fatias
2 xícaras (chá) de água (400 ml)
150 g de queijo prato fatiado
150 g de queijo suíço fatiado

Preparo:

Corte os pães ao meio, no sentido horizontal. Sobre uma das metades de cada pão, disponha o rosbife, o tomate e o picles. Reserve.

Em uma frigideira antiaderente grande, coloque a água e leve ao fogo baixo para aquecer. Quando a água começar a borbulhar, junte o queijo prato e o queijo suíço e vá misturando com um garfo até que os queijos derretam e formem uma massa uniforme e elástica. Escorra, desprezando todo o excesso de líquido que restou na frigideira. Distribua o queijo sobre as outras metades de pão, feche os sanduíches e sirva em seguida.

Rendimento: 4 porções.
Tempo de preparo: 10 minutos.

Umami:

É o quinto gosto básico do paladar humano, descoberto em 1908 pelo cientista japonês Kikunae Ikeda.  Foi reconhecido cientificamente no ano 2000, quando pesquisadores da Universidade de Miami constataram a existência de receptores específicos para este gosto nas papilas gustativas. O aminoácido ácido glutâmico e os nucleotídeos inosinato e guanilato são as principais substâncias umami. As duas principais características do umami são o aumento da salivação e a continuidade do gosto por alguns minutos após a ingestão do alimento. Para saber mais, acesse www.portalumami.com.br.

Assessoria:
Race Comunicação
(11) 2548-0720 / 2894-5607
Evelyn Spada, Gabriel Pedreschi e Wilson Barros
umamiteam@agenciarace.com.br

Culinária, Receitas, Receitas de Chef Tags: , , , ,
Nenhum Comentário para “Receita de Chef: Bauru, um ícone de São Paulo (Umami)”

Deixe seu comentário