Especiaria: Quinoa

out 21, 2019 Sem comentários by

Quinoa é uma planta nativa da Colômbia, Peru e Chile. Do altiplano andino. Conhecida também como “grão de ouro”, “trigo dos Incas” e “grão-mãe”, a quinoa  é cultivada na América do Sul há cerca de 8 mil anos pelos antigos povos da região. Caiu em pequeno desuso com a  chegada das especiarias europeias.

Não por muito tempo, felizmente.

Bastou a NASA ter incluído a quinoa na dieta dos tripulantes de missões espaciais estendidas,  para o mundo voltar seus holofotes sobre ela. E não foi por pouco. Cada 100 gramas de quinoa contêm 15 gr de proteínas, 68 gr de carboidratos, 9,5 mg de ferro, 286 mg de fósforo, 112 mg de cálcio, 5 gr de fibras e 335 kcal. Segundo a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação, a quinoa é um dos alimentos mais completos que existem.

Para diversos especialistas, a quinoa é um alimento muito nutritivo. Alguns, com certo exagero, claro, consideram nossa especiaria o mais completo dentro do reino vegetal. Outros, bastante otimistas, a comparam ao leite materno.

Como toda especiaria de ponta, ela pode ajudar a emagrecer dando ao usuário a ideia de saciedade e pelo seu componente fibroso que azeita a nossa digestão. Recomendação óbvia: a quinoa funciona pela continuidade do uso, acompanhada de uma vida saudável.  Evite uma quantidade maior ou o “tiro sairá pela culatra”.

Qualquer pessoa pode consumir a quinoa com parcimônia e orientação.  Por ser rica em proteínas, além de recomendada para vegetarianos, ela também é indicada para pessoas com hipersensibilidade ao leite e às pessoas portadoras de doença celíaca (que não podem consumir alimentos com glúten, ou seja, os que possuem cevada, aveia, trigo e centeio).

Idosos também devem consumir quinoa, já que ela pode estimular o fortalecimento da imunidade fisiológica. Por possuir ômega 3 e ômega 6, a quinoa é importante  aliado na prevenção de doenças cardiovasculares e redução do colesterol;   para pessoas portadoras de psoríase (doença autoimune crônica de pele) e para atletas, antes e depois dos treinos.

Novamente uma orientação importante: sempre que incluir a quinoa em sua vida, consulto um médico especialista de sua confiança. Não importando qual seja a sua linha de orientação de trabalho: halopata, homeopata, ayurveda, vegetariano, vegano, fitoterápico.  Somente ele conhece você, seus familiares e pode prescrever com eficácia uso e dosagem.

A quinoa serve de alimento em suas várias formas. As folhas podem ser preparadas como as do espinafre. Os botões das flores como brócolis. Também na forma de flocos – para adicionar ao iogurte e misturar com frutas. E como farinha para mingau, pães, pudins, panquecas, biscoitos e bebidas.

No dia a dia, algumas pessoas colocam duas colheres de sopa de sementes de quinoa no arroz, em sopas e em molhos. A quinoa em flocos pode ser usada no café da manhã como complemento de uma boa granola com banana amassada, mel e canela.

Nos dias de outono pessoas começam o dia a dia com um mingau bem gostoso de quinoa. Basta ferver uma xícara de água e adicionar 1/3 de xícara de floco de quinoa e misturar com frutas picadas, mel e amêndoas, nozes ou castanhas–do-Pará.

Destaques, Especiaria, Especiarias
Nenhum Comentário para “Especiaria: Quinoa”

Deixe seu comentário