Especiaria: Pimenta Murupi

nov 04, 2019 Sem comentários by

O Brasil é um país tão grande que uma especiaria pode parecer estranha e até desconhecida para muitas pessoas na região Sul ou Sudeste e ser extremamente popular no Norte e Nordeste, onde é cultivada e parte integrante do dia a dia da culinária local. É o caso da nossa especiaria em foco: a Pimenta Murupi ( ou Pimenta Murici).

Cultivada na região Norte, Amazonas e Pará, ela é consumida em conserva ou molho,  como parte de um dos pratos mais apreciados da região, o Pato no Tucupi e o Tacacá. Servida também para acompanhar Peixes de água doce, frutos do mar e até na tapioca.

Passeando na belíssima Belém, ao visitar o tradicional e mundialmente conhecido mercado do Ver-o-Peso (roteiro obrigatório, que você avista de longe, pela magnitude de sua construção),  você vai encontrar a nossa especiaria em toda a sua plenitude, como uma querida parceira dos melhores pratos da região.

Como manda  o ritual das boas vinda, vamos apresentar a nossa nobre convidada. Ela pertence à família Capsicum chinese, cujas irmãs são nossas conhecidas no Brasil como a pimenta vermelha, malagueta e dedo-de-moça e a pimenta Bode, que vimos e tivemos o prazer de conhecer em  http://armazemdasespeciarias.com.br/2016/11/07/especiarias-pimenta-bode/ .

Questão fundamental em qualquer pimenta, e frequentemente a primeira pergunta de quem não conhece a especiaria: é forte?  A Pimenta Murupi tem bela picância, classificada na escala Scoville, entre 60.000 a 100.000. Ou seja, merece respeito! Entre as pimentas brasileiras é uma das mais “fortes”. Faz sucesso com seu aroma característico, frutado, e o sabor picante, bem “pegado”. Regularmente, é mais fácil encontrá-la na forma de conserva ou molho, em bases de óleo, vinagre ou soro de leite. Alguns relatos  somas a boa cachaça neste lista.

É conhecida como  dona de frutos alongados e antes de amadurecer, como uma pimenta de colocarão verde, adquirido o amarelo do início da maturidade, até o vermelho que sinaliza quando as pimentas estão maduras.

A lenda, parceira próxima da realidade, nos ensina que a Pimenta Murupi se destaca pelo seu forte aroma frutado.  Admiradores mais otimistas garantem que o aroma frutando de uma Muripi Amarela, contido numa gota, é perceptível se adicionado a uma piscina olímpica!

Estes fãs explicam que a variedade da Pimenta Murupi de cor vermelha  foi “desenvolvida” e adaptada na região centro-oeste do Brasil.

Filhota da família Capsicum, a Murupi carrega em seu DNA todos os benefícios à saúde desta nobre linhagem. Efeito antioxidante, facilita a digestão, acelera o metabolismo, é boa auxiliar para qualquer dieta; auxilia no controle do colesterol e diabetes, tem ação anti-inflamatória, pode auxiliar no tratamento da depressão e é aliada no combate a diabetes.

Um aviso importante. O uso desta especiaria para fins terapêuticos deve sempre ser monitorado por médico ou especialista de sua inteira confiança. Conhecendo você, ele é o profissional ideal para receitar e estabelecer uso e uma dosagem.

Destaques, Especiaria, Especiarias
Nenhum Comentário para “Especiaria: Pimenta Murupi”

Deixe seu comentário